Elmec, Elmec Comércio e Ind?stria, Chaves Elétricas, Chave de desalinhamento, logo elmec, Elmec bh, Elmec Belo Horizonte, Cavotec, Elmec Cavotec, Logotipo Elmec
Elmec, Elmec Comércio e Ind?stria, Chaves Elétricas, Chave de desalinhamento, logo elmec, Elmec bh, Elmec Belo Horizonte, Cavotec, Elmec Cavotec, Logotipo Elmec
Elmec | Sensores Magnéticos - SNE-1A

Aplicação: Indicado para controle de velocidade, fim de curso, abertura de portas, etc.
Comuta um contato elétrico por proximidade de um ímã permanente, sem contato físico.

Especificações SNE-1A
Materiais  
Distância sensora 15 a 25 mm (usando Ímãs padronizados modelo MD-20, marca Elmec)
Corpo latão
Porcas de fixação bronze
Grau de proteção IP-67
Peso 0,25 kg
Contatos elétricos  
Tipo 1 NA, tipo reed switch encapsulado em resina de poliéster
Acionamento do contato Por proximidade de um ímã permanente
Corrente / tensão de comutação imax = 1A; Vmax = 250V; Pmax = 50VA
Impedância aberto > 1000 M W ( ca e cc ) ; fechado < 0,1 W
Cabo de ligação 2 x 1 mm², com 2 metros de comprimento
_
Especificação Adicionar ao código Especificação:
SNE-1A (modelo padrão)
SNE-1A/C5 (contato SPDT)
Contato 1 SPDT (NA ou NF)
imax = 1A; Vmax = 400V; Pmax = 60VA
/C5
Cabos com outros comprimentos (especificar)


Dimensões:


 


INSTRUÇÕES GERAIS

1 - Os sensores :
• Os sensores ELMEC SNE-1A são fabricados com componentes de alta qualidade, podendo ser usados como elemento de
sinalização e controle em uma ampla gama de aplicações.
• A sua baixíssima resistência de contato permite que sejam ligados muitos sensores em série sem que seja afetada
significativamente a impedância do circuito.
• O elemento ativo "reed switch" usado tem as características elétricas do quadro abaixo.

Grandeza SNE-1A SNE-1A/C5
Tipo de Contato 1 NA 1 SPDT
Corrente máxima de comutação 1 A 1 A
Tensão máxima de comutação 250 Vca
200 Vcc
400 Vca/cc
Potência máxima de comutação 50 VA/W 60 VA/W
Corrente máxima de condução 2 A 2 A
Resistência de contato > 1000 ohm > 1000 ohm
Resist≖ncia de isolação >1.000 ohm >1.000 ohm
Tempo de comutação < 0,6 ms <4 ms
Tempo de retorno < 0,05 ms <0,15 ms
Frequência Mâxima de operação 300 Hz 100 Hz
Temperatura Mâxima de trabalho -10 a 80ºC -10 a 80ºC
Fig 1 - Contato NA e circuito RC em paralelo

2 - Montagem dos sensores :
• Os sensores são acionados por elementos magnéticos colocados próximos à sua face sensora. A posição de montagem está indicada na fig.2. Deve ser providenciada uma base adequada para a montagem do sensor. Use as porcas para fixar o sensor na sua base. A porca e contra porca do corpo do sensor permitem fazer o ajuste fino do ponto de operação.
• Recomendamos o uso dos ímas pradronizados Elmec, modelo MD20 para acionar os sensores. Usando os sensores com contato NA da Elmec com estes elementos magnéticos, a distância sensora (figura 2) é de cerca de 25 mm quando os eixos do ímã e do sensor estão alinhados. Usando sensores com contato SPDT da Elmec, a distância sensora passa para cerca de 15 mm.
• Quando os sensores forem usados em circuitos muito indutivos (fator de potência < 0,85), recomendamos a ligação de um circuito externo RC igual ao mostrado na fig. 1, em paralelo com o sensor, para diminuir o faiscamento deste durante a comutação, o que aumenta sua vida útil. O capacitor deve ter de dezenas a centenas de nF e o resistor dezenas a centenas de quilo-ohms. Devem ser dimensionados caso a caso para não interferirem no funcionamento do circuito onde o sensor está ligado.
• Quando o sensor for ligado em entradas de alta impedância de PLCs, o circuito RC pode ser dispensado.
• Evite colocar o sensor em locais onde exista campos magnéticos fortes que possam causar o acionamento aleatório do sensor.
• Apesar de possuir uma construção robusta, recomenda-se cuidado com o sensor na sua instalação e ligação. O sensor não foi projetado para ser submetido a choques mecânicos.
• A posição do ímã é muito importante. Um desalinhamento dos eixo do sensor em relação ao do ímã diminui a distância sensora.
• Peças metálicas próximas ao imã ou ao sensor interferem no campo magnético e alteram a distância sensora. Procure montar o ímã e o sensor em bases plásticas, dealumínio, aço inoxidável ou outro material não magnético, evitando chapas ou peças de aço.

Fig 2 - Distância sensora
Fig 3 - Ligação

3 - Ligações elétricas :
• O Sensor deve ser ligado em série com a carga (Fig. 3). É permitido o uso de mais de um sensor em série.
• Respeite os limites de tensão e corrente do sensor. A aplicação de tensões e correntes fora de faixa podem queimar os
dispositivos internos.
• Evite ligar os sensores diretamente à bobinas de contatores de potência. A durabilidade do sensor depende do tipo de
carga que ele comandará. Cargas muito indutivas ou com picos de corrente no chaveamento devem ser evitadas.


4 - Manutenção :
• Os sensores são selados com resina e não permitem manutenção em seu circuito. Recomendamos, entretanto, que uma
inspeção periódica seja feita para verificar o acúmulo de sujeira no sensor ou partículas magnetizadas atraídas pelo ímã,
que podem alterar o ponto de operação do sensor.



Diagrama Elétrico
1NA
1 SPDT
Os dados deste catálogo técnico podem ser alterados sem aviso prévio
SNE-1A – Sensor magnético
Rev 9(Outubro/2016)
Elmec Comércio e Indústria Ltda. Telefone: +55 (31) 3421-4899 FAX: +55 (31) 3442-5053 Celular: +55 (31) 99954-0481
Avenida Perimetral, 2717 - Distrito Industrial Vale do Jatobá - CEP: 30.670-845 - Belo Horizonte/Minas Gerais - Brasil (Clique aqui para ver o mapa)